Tipos de figurinistas

Um dos desafios que enfrentam os figurinistas, como qualquer outro profissional que trabalha com criação, é a parte burocrática, que inclui contrato e pagamento. Atualmente, no mundo existem três tipos de figurinistas, de acordo com formas de trabalho.

Figurinista freelancer

Ele não tem o emprego fixo na empresa – produtora de filmes, TV ou teatro. O figurinista é contratado para fazer um projeto especifico. O pagamento é dividido em três parcelas. A primeira é paga no inicio de trabalho, a segunda – depois da entrega de croquis finalizados e a última – perto do dia da estreia. O figurinista freelancer não tem exclusividade com o projeto e pode produzir figurinos para vários projetos simultaneamente. Este modelo de trabalho é muito comum na área de cinema. O ponto positivo de ser figurinista freelancer é possibilidade de combinar com outros trabalhos, porem não dá estabilidade e salário fixo.

Residencial costume designer ou Figurinista Contratado

Este tipo de contrato é muito comum para quem trabalha no teatro, pois exige participação continua e acompanhamento de atores. Este profissional tem um lugar de trabalho fixo, carteira de trabalho assinada. No teatro depois de criar os figurinos de um espetáculo, o figurinista cuida da manutenção de peças, ajusta tamanhões, cria figurinos para atores novos, entre outros. Além do teatro, TV também pode oferecer este tipo de emprego, porque existem seriados e shows que podem durar mais de 10 anos. Este tipo de emprego pode não permitir participação em outros projetos.

Figurinista acadêmico

Este profissional dá aulas sobre o assunto. Atualmente, é muito comum exigir que o profissional possui no mínimo mestrado em artes para ser professor de figurino. Ele, igual ao freelancer, consegui participar em projetos de criação de figurino fora do horário da aula.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *