Processo de criação de figurino histórico

O processo de criação de figurino histórico é diferente da criação de figurino contemporâneo, porque exige, além de todas as etapas comuns, pesquisa de contexto histórico, que inclui além do vestuário, arte, arquitetura, mobiliário, entre outros. O exemplo usado neste artigo, é o figurino da personagem D. Ana, da obra literária “A Moreninha”, que criei em 2015, passando pelas etapas desde o planejamento até costura.

Passo 1. Familiarização com a obra literária ou roteiro.

No caso do projeto em qual participei, foi feita a leitura do livro “A Moreninha” de Joaquim Manoel Macedo.

Passo 2. Pesquisa histórica

pesquisa histórica

Antes de fazer os croquis, é necessário realizar uma pesquisa histórica do período selecionado. O livro “A Moreninha” foi publicado no Brasil na década de 1840, mas considerando o atraso da moda no Brasil no século XIX, em comparação com moda europeia, em vez de fazer pesquisa sobre a Era Vitoriana, foi escolhido o Romantismo (1820 -1840). Durante a pesquisa foi produzido um book com os principais acontecimentos históricos, obras de arte, literatura, arquitetura, regras de etiqueta, etc. Desta forma foi possível ter melhor entendimento sobre o “espírito do romantismo”. Nem sempre o autor da obra literária, ou do roteiro descreve um traje, que seu personagem está vestindo, nesse caso, a pesquisa histórica ajuda na inspiração para criação do figurino.

Passo 3. Pesquisa de personagem

Durante a terceira etapa foi feita a pesquisa de personagem, definindo idade, sexo, estilo de vida e comportamento. Além disso, lembrando que o figurino precisa ser adequado ao ambiente, onde o personagem se encontra, é importante listar quantas vezes e em quais situações o personagem aparece.

Passo 4. Pesquisa de moda

Screen Shot 2016-07-14 at 6.49.16 PM

Depois de definir o estilo de vida do personagem, foi necessário voltar para o book da pesquisa histórica e completar com informações sobre a moda da época. Uma dica é focar na pesquisa de modelagem, que facilita na hora de criar um look, tornando-o mais fiel a época, e evita o risco de usar, por exemplo, um aviamento, que não existia no século XIX. Ademais, a pesquisa tem que incluir informações sobre tecidos, identificando cores e padronagens, acessórios, roupa intima, entre outros. O conteúdo desta pesquisa depende das cenas em quais o personagem aparece. No caso da D. Ana, que mora na ilha no estado do Rio de Janeiro, e tem uma vida social ativa, recebendo visitas, o foco da pesquisa foram vestidos e acessórios de verão para noite e dia.

Dica: dependendo da época trabalhada é difícil encontrar as informações necessárias. O que pode ajudar: filmes de época (cuidado com a escolha, porque nem todos os filmes históricos são fiéis), pinterest – pesquisando em inglês ou francês, revistas de moda da época – tentando encontrar uma edição online (eu consegui encontrar algumas imagens da The Repository of Arts, Literature, Fashions &c. uma revista criada na Inglaterra em 1809, com foco em vestuário, interiores, música e teatro).

Passo 5. Pesquisa de materiais

trabalho de figurinista

Baseado em pesquisa histórica, foi necessário fazer uma pesquisa de materiais e ver os tecidos e aviamentos disponíveis no mercado e comparar os preços. No caso do figurino da D. Ana foi escolhido tricoline, percal e voile.

Passo 6. Croquis

Screen Shot 2016-07-14 at 6.18.52 PM

Depois de se familiarizar com estilo da época e definir o tipo de figurino, chegou a etapa mais esperada – o desenho. É recomendável fazer em torno de 15 esboços para selecionar 3 para colorir, o que facilita a escolha do croqui final.

Passo 7. Compra de materiais

Com base em pesquisa de materiais, comprar tecidos e aviamentos na quantidade necessária. Considerando que os vestidos românticos eram bastante volumosos, foi necessário 10 m de tecido só para fazer  a saia. Para diminuir gastos foi decidido substituir tricoline pelo tecido de lençol de algodão que tem uma largura de 3 m.

Passo 8. Modelagem

imagem moldes moreninha

Para fazer a modelagem de figurino histórico foram selecionadas bases de moldes atuais, como por exemplo, base de manga industrial e base do vestido, e interpretadas de acordo com os croquis.

Passo 9. Corte e costura

figurino corte e costura top

Exemplos de processo de costura: costura de manga bufante com 6 camadas de tecido e prova de top no manequim.

10. Resultado final

figurino resultado

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *